segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Chorão dar esporro em Champion em show do Charlie Brown Jr

Em um vídeo publicado por um fã no último domingo (assista no fim da página), Chorão rebate as acusações de que teria roubado os outros integrantes da banda, o que teria resultado na saída de Champignon, do guitarrista Marcão, e do baterista Renato Pelado. Marcão também voltou ao Charlie Brown no ano passado.



"Eu te aceitei de volta depois de tudo que tu fez, tá ligado? Você não tem nem coragem de falar a verdade (sic)", acusa Chorão, para espanto do público, enquanto Champignon permanece estático.
"Marcão, chega aí. Eu roubei alguém nessa porra dessa banda?", pergunta Chorão. "Não!", responde o guitarrista. A partir daí, Chorão passa quase cinco minutos acusando Champignon sem interrupções.
"Eu não aguento mais. Sabe porque eu tirei o microfone dele? Porque é o seguinte: ele vai falar mentira, tá ligado? O cara toca pra caralho. Mas enganou vocês. Roubei o caralho, eu trabalhei muito por esse bagulho. E no final da parada fui acusado de ladrão", desabafou.
Sarcástico, Chorão ironizou a participação de Champignon na banda Nove Mil Anjos, projeto formado após sua saída do Charlie Brown Jr., e que incluia Junior Lima na bateria.
"Não desejo mal nenhum pra ele, mas é assim. Ele é um anjo, do Nove Mil Anjos. Champignon, você é o cara mais honesto do Brasil. Você tinha que ter mantido a humildade e ter falado a verdade pra galera, tá ligado? Você continua o mesmo. Você se fudeu e não aprendeu nada. Você voltou por causa de dinheiro, você não voltou porque você queria tocar no Charlie Brown Jr. Muito obrigado, depois de ter enganado a galera e a mim também".
"Eu fui muito injustiçado. Meu filho apanhou na escola por causa dessa porra, passaram na porta da minha casa me xingando, mas aí - não corri", disse. Ele se fudeu, tentou duas vezes, e quando tudo acabou foi bater na minha porta. Eu aceitei o cara. Gostava dele pra caralho. Mas infelizmente o cara não admite que fez uma pá de merda, porque ele não quer que vocês achem que ele tem defeito. Não acredito, não acredito. Vai com Deus. Pensei que as coisas tinham mudado. Eu tô por aqui. Um papelão. Deus te abençoe, viu moleque?", continuou.
Chorão avisa que vai tocar a música O Preço, do segundo álbum do Charlie Brown Jr. (Preço Curto Prazo Longo, 1999), mas Champignon deixa o palco sob gritos de "arregou".



A banda então começa a música Céu Azul sem o baixista, e termina o show sem a presença de um de seus integrantes mais emblemáticos. "Uma pena, realmente. Talvez seja até a hora. Mas aí, não vou fraquejar", concluiu Chorão.

Por mais que em cima do palco tudo parecesse bem, a relação entre Chorão e os outros integrantes do Charlie Brown Jr. - que ainda tem o guitarrista Thiago Castanho e o baterista Bruno Graveto - não funcionava bem nos bastidores.
Recentemente, Chorão foi visto pegando um voo diferente do restante da banda na ponte-aérea Rio-São Paulo, apesar do grupo ter o mesmo destino, com intervalo inferior a uma hora entre os dois voos.

ATUALIZAÇÃO:

Comunicado do Chorão e Champignon aos fãs de todo Brasil sobre o ocorrido em Apucarana - PR.

Em vídeo, Chorão se desculpa com o baixista do Charlie Brown Jr Músicos anunciaram ter feito as pazes em vídeo postado nesta segunda. Champignon deixou palco após acusações do cantor em show no sábado.



Bem, nesse vídeo eles explicam, um pouco a situação e se desculpam com os fãs e o publico do show. Apesar que pelo vídeo, nota-se que parece ser forçada essas desculpas. tipo, produtora, gravadora, deve ter obrigado essa ação do vídeo do youtube.